Nossa Historia de Amor Detalhada



Bem tudo começa assim: eu nasci e cresci em Eunapolis, mas vim morar em Itabuna com 17 anos para cursar a faculdade e meus amigos de Itabuna sempre que saiamos para algum lugar demonstravam saudades de certo garoto que havia se mudado para São Paulo há pouco tempo. Era o famoso o Felippi Morais. Eram inúmeras fotos e historias. Eu já tinha decorado praticamente todas de tanto ouvi-los contarem e re-contarem. E foi através da internet que o conheci. Era engraçado conversar com uma pessoa por msn e antes disso já saber tantas coisas da vida dela, seus gostos, seus talentos, suas caras, suas piadas...  Meus amigos gostavam de me perturbar porque esse tal garoto era fascinado por mulheres magrinhas e com jeito de menina, mas eu não dava muita atenção ao que eles diziam, afinal o que uma pessoa que estava tão distante teria a ver comigo? Não tinha lógica nenhuma, eu não o conhecia e nem estava interessada em conhecer.
Na verdade eu estava muito traumatizada ainda para me animar com alguém. Aquele garoto não despertava nenhum interesse em mim até tinha namorada e estava a mais de 1000 km de distancia, porem uma coisa eu não podia negar, ele era muito legal. Nós conversávamos esporadicamente e nos aproximamos depois que nós e uma amiga em comum que temos resolvemos fazer cultos algumas vezes na semana e tudo isso se tornara possível graças à maravilhosa tecnologia. Mas aos poucos o Felipe começara a se distanciar. Excluiu o orkut, aparecia pouco no msn, não mandava mais mensagens e não ligava.
Minha vida seguia no mesmo ritmo, mas sabe quando você sente falta de alguém? Eu sentia falta de ter alguém para chamar de meu... Em meio ao turbilhão de emoções em que eu me encontrava uma pessoa reapareceu subitamente, como um passe de mágica: o meu colega legal Felippi Morais. Ele se rendeu mais uma vez aos benefícios da internet e construiu dessa vez dois orkuts. Eu estava em um semestre muito tranqüilo na faculdade, por isso, tinha bastante tempo disponível. Passava a maior parte desse tempo conversando por Skype com o Lippi e ele passou a ser um grande amigo. Tínhamos inúmeras coisas em comum, nos divertíamos muito, ríamos por qualquer besteira, compartilhávamos experiências e eu o apelidei carinhosamente de minha ‘Estrela’.
Ele realmente era uma pessoa agradável e me fazia um enorme bem, eu esquecia de todos os meus problemas e frustrações do dia quando parava para ouvir a sua linda voz que coloria tudo em volta de mim! Ninguém conseguia entender a nossa relação porque conversávamos como se nos conhecêssemos há muito tempo, só havia um detalhe... Nunca tínhamos nos visto pessoalmente e nem tínhamos previsão de quando isso poderia acontecer. Na verdade nem eu mesma conseguia explicar o porquê de nos darmos tão bem, porém eu adorava passar as minhas tardes na frente do computador conversando com ele. Resumindo... Tudo era totalmente inexplicável.

Ele se concentrava a boa parte do seu tempo na internet para atualizar o sua pagina do blog e eu era visitante assídua, mas certo dia uma postagem me inquietou em que ele falava como se estivesse apaixonado. Ao pensar nessa possibilidade senti algo estranho, começava a me perguntar quem seria essa outra pessoa descrita no texto, por que ele não tinha comentado absolutamente nada comigo? Pensei que éramos amigos.

Fiquei muito confusa até que comecei a perguntar a mim mesma a causa desse fato ter me deixado daquela forma. O que eu tinha a ver com a vida sentimental dele? Éramos apenas colegas e nem nos conhecíamos... Imensos quilômetros nos separavam! Aos poucos eu ia conseguindo reparar mais nele, no seu jeito, em suas personalidade e percebi algo incrível: Ele possuía muitas, ou praticamente todas as características do marido que eu havia pedido a Deus. Isso seria maravilhoso se não fosse totalmente loucura aos meus olhos e aos olhos de quem quer que fosse. Começamos a conversar mais e mais e resolvi deixar as coisas acontecerem, orando todo dia. Será que eu havia encontrado finalmente o meu príncipe encantado? Mas porque ele estava tão longe de mim? E o pior nem tinha previsão para voltar à Bahia, havia somente a promessa de que Deus o traria de volta... Mas quando?
A partir de então começou a troca constante de depoimentos (que já postamos aki no blog) e cada um mais apaixonado que outro e a cada dia que conversávamos, mais coisas descobríamos em comum, mais eu pensava nele o tempo todo, mais eu acreditava que tudo era uma grande loucura. Mas eu sentia algo muito diferente do que eu havia sentido por outras pessoas, era algo calmo, sereno, perfeito. Eu entregava esse sentimento nas mãos de Deus e ele aumentava cada vez mais, bem como todas as respostas que eu pedia aconteciam rapidamente. Não houve um dia especifico em que ele se declarou para mim ou vice-versa, quando nos demos conta já sabíamos do sentimento um do outro. Isso era lindo, pois que sentíamos não era feito de palavras, mas de algo puro e ingênuo, como se fosse um primeiro amor.
É impressionante como o Senhor tece a nossa vida de um modo extremamente fantástico. Depois de algum tempo o Felipe contou-me que após terminar o relacionamento com sua ex-namorada ele havia feito uma aliança com Deus escreveu num papel as principais características da mulher que ele esperava. E eu também havia feito isso quando vim morar em Itabuna. Nós concluímos que a pessoa certa precisa ter as características que você sempre sonhou e os defeitos que você pode suportar. 
Depois disso aconteceram tantas outras coisas que nao dá para contar..(rs). Mas o melhor de tudo é que no dia 30 de junho de 2008 ele chegou na Bahia e foi à minha casa. Lembro como se fosse hoje: Lá estava ele muito mais lindo do que nas fotos, muito mais encantador do que na webcam, enfim ele era muito mais do que eu havia imaginado. Eu o recebi com um sorriso enorme e creio que com uma cara de criança que acabara de ganhar o melhor presente de sua vida... Tentamos nos abraçar, mas não deu certo. Estávamos tão nervosos e apreensivos, tão ansiosos pela presença concreta um do outro que agíamos como dois bobos tentando uma aproximação. No momento exato em que o olhei pude ouvir nitidamente uma voz suave que dizia: “Toma posse da sua benção minha filha, eu sou fiel para contigo!”
Ele me pediu em namoro e quase em casamento (rs) e logico eu aceitei! No decorrer desses quase dois anos juntos muitas lutas vieram... enfrentamos lutas, perseguições,  inveja, mas com a graça do nosso Senhor permanecemos firmes a todas elas e estamos começando um negocio agora para que no dia em que nos casaremos e mais um capitulo se iniciará...







3 comentários:

  1. Oi Kinha...
    tudoo bom flor?

    Vi seu blog no Colcha e A-D-O-R-E-I a historia de vcs!!

    Bjinhos..

    To te seguindoo!!!

    ResponderExcluir
  2. Florzinha....é tão incrivel como em momentos exatos Deus nos impacta de forma sobrenatural, esses dias andava tão tristinha, eu e amor, passamos por tantos sufocos nos ultimos 3 meses, mas Deus é imensamente fiel, e com sua belissima história de amor, consegui ouvir essa doce voz que vc relata...E agora mais que nunca tenha certeza que Deus é com vcs, e Ele reserva sempre o melhor para vcs...abraço

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! Se possivel deixe o link do seu site, para que eu possa retribuir a visita...

~ Uma Linda Promessa ~ © Copyright 2013. Desenvolvido por Vivi Art’s Design.